Páginas

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ia eu com o menino no carrinho muito descansadinhos (com uma caixa de caracóis para o lanche) pelo passeio fora, quando me deparo com o passeio ocupado e completamente bloqueado por um automóvel que estava estacionado na diagonal e que me impedia de passar sem ter que me dirigir para a estrada.

Portanto pensei assim: ou passo por aqui a força e vou possivelmente fazer uns riscos ou vou para a estrada com o menino o que está fora de questão, e pronto meti o turbo e passei ainda tive de empurrar e ajeitar daqui e dali mas passei ohh se passei, houve um senhor que ainda me disse "o melhor é fazer uma ponte" ao que eu respondi "faço uma ponte ou arranco-lhe o pára-choques e o mais provável é que seja o pára-choques a ficar com mossa e ai de que me apareça o dono á frente que ele nem sabe", meninas se o dono daquele carro me aparecesse á frente nem sei o que lhe fazia, já viram o que é uma pessoa deficiente não poder passar porque um artista qualquer acha que é o dono da rua? Ohh pá e quando eu acordo com aquele feitiozinho fujam porque vai tudo á frente.

3 comentários:

  1. Isso acontece-me vezes sem conta!!!!
    Ainda a semana passada ía com a minha mãe e tive que passar a rua com o carrinho fora da passadeira. Porquê?? Porque o passeio do lado onde ía estava todo ocupado com carros!!! Provavelmente as pessoas que me viram fazer isso chamaram-me irresponsável e não olharam para os carros que estavam mal estacionados.

    ResponderExcluir
  2. Ainda existe muita falta de civismo neste País!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente ainda existe muito pouco civismo :S :S e se dermos a volta à estrada ainda nos chamam de maes irresponsáveis...

    ResponderExcluir